Blog

Dicas de Manutenção Agronômica: Tipos de Poda

dicas_poda

Dicas de Manutenção Agronômica

Tipos de Poda

Notou que seu jardim anda pouco viçoso e esquisito? Suas plantas estão sem vida e murchando? As plantas dependem de algumas práticas para crescerem e se manterem bonitas, tais como: poda, rega e adubação. Hoje iremos falar um pouco sobre tipos de poda.

A poda pode ser feita para atingir diversos objetivos. É importante utilizar uma tesoura de poda bem afiada, para evitar cortes mal feitos – eles facilitam a entrada de doenças, além de machucar a planta.  As podas podem ser executadas para dar mais vitalidade à planta, aumentar a produção frutífera, adequar a planta a um tamanho específico ou formato desejado, limpeza de galhos secos, desnecessários ou doentes. Os quatro tipos mais significativos de poda são a de formação, de frutificação, de reconstituição ou tratamento e de limpeza.

A poda de formação é feita para conduzir a planta, ou seja, direcionar a altura da planta, estrutura de tronco e ramos. Ela promove o crescimento harmônico, assim como a distribuição equilibrada de ar e iluminação na planta.

A poda de frutificação é usada para melhorar a qualidade e controle da produção de frutos. Ele otimiza a quantidade de ramos e evita a produção excessiva de frutos (que diminui a qualidade do fruto).

Quando a planta apresenta ramos doentes, com pragas ou improdutivos, a poda de reconstituição ou tratamento é a ideal. Esse tipo de poda elimina os focos de pragas e doenças, estimulando a ramificação a partir do tronco e galhos principais. É considerada radical e indicada para tratamento ou transplantes de plantas frutíferas grandes e adultas.

Poda de limpeza é a poda mais suave. O nome já diz – serve para eliminação de galhos secos, inconvenientes e para manter a beleza de um jardim.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *